Suposto golpe de falsa advogada nos EUA expõe risco

Por  Vinicius Bicalho

O caso da jornalista brasileira Patrícia Lélis, 29 anos, que está sendo acusada de fraude pela Justiça dos Estados Unidos, tem mobilizado as atenções da imprensa e dos milhares de brasileiros que estão em processo de imigração ou nutrem o sonho de realizar esta mudança de vida.

As informações veiculadas sobre o caso apontam que Patrícia teria se apresentado como advogada, supostamente autorizada a atuar na área de imigração em território estadunidense, enganando as vítimas com a falsa promessa de conseguir vistos de residência permanente e possível cidadania para eles ou parentes nos Estados Unidos.

Segundo divulgado pela Justiça, Patrícia teria falsificado documentos e se apropriado de pelo menos US$ 700 mil dos ‘clientes’. A quantia equivale a cerca de R$ 3,4 milhões. O caso está sob investigação do FBI.

É importante se recorrer a um advogado licenciado nos Estados Unidos, que entenda plenamente de todo o processo de obtenção dos vistos necessários para construir uma carreira naquele país. O caso de Patrícia Lelis é uma oportunidade para reforçar a importância de escolher advogados licenciados em processos migratórios.

Se ela fosse licenciada, mesmo fugindo das autoridades, perderia sua licença e o direito de trabalhar. Isso destaca a vantagem de agir dentro da lei, algo que fortalece a posição da Bicalho Legal Consulting P.A., uma premium law firm, que oferece consultoria em todo o processo migratório para quem pretende morar e trabalhar legalmente nos Estados Unidos.

Segundo comunicado divulgado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a brasileira é acusada de fraude eletrônica, transações monetárias ilegais e roubo de identidade agravado. Se for condenada, ela pode enfrentar penalidades máximas de até 20 anos de prisão.

Vinícius Bicalho é advogado Licenciado nos Estados Unidos e atua na Bicalho Legal Consulting P.A

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Publicidade