Rosa Amorim diz que o PT não aceita bolsonarista na vice de Queiroz

A vaga de vice na chapa de José Queiroz (PDT), em Caruaru, pode gerar polêmica se o Republicanos tiver mesmo a intenção de indicar o ex-deputado Erick Lessa, que anunciou sua filiação ao partido, nesta quinta-feira (14). A deputada estadual Rosa Amorim, que saiu da disputa para o PT apoiar Queiroz, avisou que os petistas “não aceitarão um bolsonarista”.

“Estamos sabendo da intenção do Republicanos e não aceitaremos Erick Lessa na vice. Um dos diálogos do Grupo de Trabalho Eleitoral do PT é sobre não aceitar um bolsonarista. Ele pode até apoiar Queiroz, mas não na chapa”, avisou Rosa, em entrevista ao Blog Dantas Barreto.

Questionada se o PT reivindicará a vaga na majoritária, a deputada disse que não houve conversas sobre isso. “O diretório municipal ainda vai se reunir para tomar as decisões”, disse.

Quanto à retirada das pré-candidaturas dela e do presidente municipal do PT, Léo Bulhões, Rosa Amorim admitiu que não foi surpresa. “O PDT já tinha tratado com o GTE e colocou que Caruaru é prioridade. Se eu tivesse que abdicar da disputa, seria para um projeto que se identificasse com o nosso e nesse caso é José Queiroz. Eu já fiz dobradinha com Wolney Queiroz, Léo Bulhões já foi secretário de José Queiroz”, contou.

Contudo, Rosa acredita que seria importante para o PT lançar uma candidatura própria à Prefeitura de Caruaru para que apresentasse um projeto político à população.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade