Recado entendido

Foto:Divulgação

O prefeito João Campos (PSB) deu o recado de que o prazo para definir quem vai ocupar a vaga de vice será até o período das convenções partidárias, ouvindo todos os partidos que irão compor a aliança no Recife. O recado foi assimilado pelos dirigentes do PT no Estado, Doriel Barros, e no Recife, Cirilo Mota. Ambos entendem que não dá para cravar agora quem será indicado pelo partido. E que é necessário se chegar a um consenso em torno de Mozart Sales ou do deputado Carlos Veras, que se inscreveram no diretório municipal e disputam a vaga. E como o próprio Cirilo disse, pode ser surja outro nome que garanta a unidade. “Mozart obteve dois terços do diretório, mas Carlos Veras pode ser o escolhido, mesmo com um terço. O debate é dinâmico. Essa unidade será construída. O importante é que a Frente Popular com Lula já em 2024, no Recife, é um recado forte para 2026, em Pernambuco”, diz o presidente do PT municipal. Esse freio de arrumação já era esperado porque sempre foi colocado que a escolha do vice seria feita num acordo entre João Campos e o presidente Lula. Só que os petistas se agarraram a uma resolução do comando nacional para os municípios anteciparem as pré-candidaturas, com o objetivo de planejar as chapas e as campanhas. Então focaram na vaga majoritária e já queriam definir desde já. “Mas Lula pediu para aguardar”, contou Doriel Barros.

Faixas salariais em debate

Às 10h30 de hoje haverá audiência pública na Assembleia Legislativa para tratar do projeto do Governo que extingue as faixas salariais dos PMs e bombeiros, até 2026. Os deputados contrários defendem que ocorra num prazo menor. Joel da Harpa (PL) está convocando os policiais para fazerem pressão a favor da aprovação do projeto substitutivo.

Gasolina baixou?

O deputado Doriel Barros (PT) foi à tribuna da Alepe falar que, no Governo Lula, os preços da picanha e outros alimentos caíram em relação ao período do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Mas dizer que a gasolina baixou, aí foi demais!

Palestra no GERE

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife, Rafael Figueiredo, fará palestra sobre a modernização da máquina pública e a desburocratização do acesso aos serviços. Será sexta-feira, durante almoço promovido pelo GERE.

Cerco se fechando

Há uma tendência de o pedido de prisão contra Jair Bolsonaro não sair antes das eleições para não torná-lo “vítima”, mas a intenção é sangra-lo. A Procuradoria Geral da União, por exemplo, tem 15 dias para dar um parecer a respeito da falsificação da vacinação contra a Covid. O advogado Fabio Wajngarten vê perseguição contra o ex-presidente.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade