Presidente do PL, Valdemar Costa Neto é preso em flagrante pela PF

Foto: Divulgação/Beto Barata / PL

Do Correio Braziliense

O presidente do Partido Liberal, Valdemar Costa Neto, foi preso em flagrante, na manhã desta quinta-feira (8/2), em Brasília, por porte ilegal de arma de fogo. Aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro, Valdemar foi detido pela Polícia Federal. Os agentes cumprem mandado de busca contra ele expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Valdemar é suspeito de participar da organização de um golpe de Estado. A sede do PL é um dos locais apontados pela investigação como sendo endereço onde ocorreram reuniões para discutir o golpe.

De acordo com fontes na Polícia Federal ouvidas pelo Correio, a arma estava na casa de Valdemar. Ele será levado para a sede da corporação para prestar depoimento. Em seguida, as informações devem ser encaminhadas ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para que o magistrado decida se mantém a prisão ou se libera Valdemar para responder em liberdade.

A arma de fogo encontrada não tem registro.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade