Desabafo de Raquel

A governadora Raquel Lyra (PSDB) foi uma das 13 mulheres homenageadas pela OAB-PE com a Medalha Mulheres de Tejucupapo e, na sua fala, fez quase que um desabafo, depois de um ano no cargo. Largou o discurso pronto e falou de improviso. “Sou uma mulher branca, tive todas as condições, conforto e carinho. Mas essa não é a realidade da maioria das mulheres”, disse. Em outro momento, falou que não quer ser julgada pelo gênero, mas pelas ações e destacou a importância das mulheres ocuparem espaços de poder. Alvo de críticas, principalmente na área de segurança, Raquel enfatizou que o momento não precisa só de quem aponta erros, mas de gente que dê as mãos para resolver as questões. A agenda seguinte foi no Palácio do Campo das Princesas, onde empossou o novo chefe da Polícia Civil, Renato Rocha, e a sub-chefe Beatriz Leite. Raquel optou por não participar da entrevista coletiva, deixando a cargo do secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, e Renato Rocha prestarem os esclarecimentos sobre as mudanças da SDS. Na sede da OAB, a governadora emitiu sinais de que não entraria na onda das especulações políticas sobre a sua decisão.

Saída lamentável

Secretário de Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti lamentou a decisão do ministro Ricardo Lewandowski de pedir a saída do secretário de Nacional de Segurança Pública, Tadeu Alencar. “Ele estava criando condições de ter uma política nacional de segurança. Tadeu estava ouvindo todos os setores e construindo algo concreto”, avalia.

Na berlinda

O próprio Murilo Cavalcanti não tem certeza  se continuará no Conselho Nacional de Segurança Pública. Ele foi nomeado pelo ex-ministro Flávio Dino, em dezembro passado. Como Lewandowski está mudando tudo, Murilo está no aguardo.

Chega e sai

Por falar em Flávio Dino, ele enfim vai exercer o mandato de senador, já que foi ministro desde janeiro de 2023. Mas será por pouco tempo. Vai chegar em fevereiro pra fazer o discurso de despedida. Depois do Carnaval, assumirá a vaga no STF.

Assembleia Cuida

A Assembleia Legislativa vai retomar o programa Assembleia Cuida, assim que acabar o recesso parlamentar, inclusive, ampliando os serviços gratuitos. As cidades visitadas pela equipe são indicadas pelos deputados estaduais. A ação itinerante já esteve em Carpina e Ipojuca, no mês de dezembro.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Publicidade