Danilo Cabral e Raquel se unem em defesa dos incentivos fiscais

foto: Divulgação


A polêmica sobre a prorrogação dos incentivos fiscais para o setor automotivo continua e é um dos entraves para a votação da reforma tributária na Câmara dos Deputados. Por conta disso, há um esforço concentrado das lideranças do Nordeste, principalmente, para garantir a aprovação. Nesta quinta-feira (14), o superintendente da Sudene, Danilo Cabral, visitou a governadora Raquel Lyra (PSDB) e um dos principais assuntos foi a manutenção do benefício até 2032 também nas regiões Norte e Centro-Oeste.

“Quem é de Pernambuco e da Paraíba sabe a importância da instalação da Stellantis para o Nordeste. Existe uma disputa grande do Sul/Sudeste para inviabilizar a manutenção do polo aqui. E nós, todos os estados da Região, estamos unidos para a preservação desses investimentos no Estado”, disse Danilo Cabral.

Ontem, inclusive, Raquel não pôde comparecer à 32ª Reunião do Conselho Deliberativo da Sudene porque estava em Brasília tratando, entre outros assuntos, dessa questão. Ela foi representada pela vice-governadora Priscila Krause (Cidadania), que cobrou dos governadores nordestinos uma maior pressão sobre os deputados federais dos seus estados para que votem a favor da prorrogação.

ENCONTRO

A reunião de hoje, no Palácio do Campo das Princesas, foi o primeiro encontro institucional entre Danilo Cabral com Raquel Lyra, depois que ele assumiu a superintendência da Sudene. Por questão de agenda, a governadora não compareceu à posse. Cabral foi acompanhado pelos diretores Heitor Freire (Gestão de Fundos e Incentivos Fiscais), Álvaro Ribeiro (Planejamento) e José Lindoso (Administração).

“Essa visita consolida uma relação de natureza institucional entre a Sudene e o Governo do Estado. A Sudene tem uma grande participação nos principais empreendimentos implantados em Pernambuco, como o aeroporto dos Guararapes, empresas instaladas em Suape, saneamento, na transição energética, através dos fundos regionais e dos incentivos fiscais. E nós precisamos dialogar para atrair ainda mais investimentos, gerando emprego, renda e oportunidades no Estado”, afirmou Danilo Cabral.

O superintendente ressaltou que a Sudene viabilizou R$ 4,6 bilhões em investimentos, neste ano em Pernambuco, a partir dos incentivos fiscais, dobrando o valor registrado no ano passado. Para 2024, pelo Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) serão aplicados R$ 4,6 bilhões.

De acordo com Danilo Cabral, a visita também foi para compartilhar com a governadora os projetos que são considerados estratégicos para o Estado. Entre os quais a Ferrovia Transnordestina, investimentos no turismo, no polo de confecções e no combate à seca.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade