Daniel propõe tarifa zero no transporte público do Recife em parceria com o Estado

Foto: Reprodução

Pré-candidato a prefeito do Recife, Daniel Coelho (PSD) apresentou, nesta sexta-feira (5), uma proposta ousada, durante a sabatina ao UOL e à Folha de São Paulo. Ele garante que, se for eleito, o transporte público na Capital será gratuito. De acordo com Daniel, para isso só precisará dispor de apenas 2% do orçamento municipal, que equivale a R$ 150 milhões. Ele assegurou que já está fazendo estudos para viabilizar esse benefício para quem anda de ônibus, numa parceria com o Governo do Estado.

“Nós vamos implementar no primeiro ano, a gente já está fazendo esse estudo. O investimento, ele fica na casa de R$ 150 milhões, a gente está falando de pouco mais de 2% do orçamento do município. A gente vai economizar muito mais do que isso com eficiência”, argumentou.

De acordo com o pré-candidato, o custo total estimado é de R$ 1,2 bilhão, sendo metade desse valor, R$ 600 milhões, bancado pelo Governo do Estado e a outra metade pela Prefeitura do Recife. A Prefeitura seria responsável por investir de R$ 135  milhões no sistema, enquanto o restante seria financiado pelo Governo do Estado.

“Então, dizer que 2% do orçamento você não pode destinar para o transporte público é porque você não entende a importância do transporte público. Tudo é o peso da prioridade. O governo do Estado hoje já colabora com o transporte público, investe 300 milhões de reais no transporte público, enquanto a prefeitura não investe nenhum centavo”, defendeu Daniel.

O social-democrata disse que vai detalhar essa proposta, ao longo da campanha, para mostrar que é possível. Na sua opinião, é necessário reduzir o número de carros e motos nas apertadas do Recife, mas que isso só é possível se houver um transporte público atrativo e sendo colocado como prioridade na questão da mobilidade.

“Evidentemente, colocando que a gente tem 50% da tarifa hoje já bancada pelo Vale Transporte. Aqueles que têm carteira assinada e têm Vale Transporte, eles já não pagam porque isso está dentro do seu acordo trabalhista. Mantendo-se isso, com investimento do Estado, investimento do Município, a gente consegue financiar o sistema de transporte. E a gente já tem hoje várias linhas que são chamadas do Transporte Complementar do Recife. Essas são linhas bancadas pelo Governo do Estado, pela governadora Raquel Lyra, que já fazem transporte gratuito das pessoas, dos morros para regiões planas”, explicou Daniel.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade