Câmara Federal prorroga incentivos ao Polo Automotivo na reforma tributária

Foto: Divulgação

A Câmara Federal aprovou, nesta sexta-feira (15), a reforma tributária e prorrogou até 2032 os benefícios fiscais para as montadoras de automóveis das regiões Nordeste, Norte e Centro- Oeste. Foram 341 votos a favor e 153 contra. Os benefícios contemplam as produções de veículos movidos a biodiesel, além de híbridos também movidos a gasolina.

Esse foi um dos assuntos mais polêmicos do projeto e chegou a ser derrubado na própria Câmara por causa de um voto. A emenda foi apresentada no Senado e foi aprovada no texto final. Devido a essa e outras alterações, o projeto de lei voltou à Câmara dos Deputados.

Houve uma grande disputa entre os estados e montadoras do Sudeste e Sul do País, que não concordavam com o que consideram privilégio das outras três regiões do País. Desta vez, contudo, a maioria dos parlamentares deu os votos favoráveis.

O coordenador da bancada de Pernambuco, deputado federal Augusto Coutinho (Republicanos) comemorou a manutenção dos incentivos fiscais ao Polo Automotivo do Nordeste, aprovado dentro da reforma tributária. “Mesmo com muitas forças contra, conseguimos manter o regime de incentivos até 2032. Com isso, a cadeia produtiva, que já gera 60 mil empregos a partir da fábrica da Stellantis em Goiana, poderá continuar contribuindo de forma decisiva para o desenvolvimento de nossa região. É um grande dia para todos os pernambucanos e nordestinos”, destacou.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Publicidade