Álvaro x Raquel

Foto: Rafael Vieira/DP

A governadora Raquel Lyra (PSDB) assumiu o cargo dizendo que tem um estilo diferente de administrar e reconhece a dificuldade da classe política em compreender isso. Terminou o ano sem convencer, principalmente, a Assembleia Legislativa e em particular o presidente da Casa, deputado Álvaro Porto (PSDB). Na entrevista concedida ao Diario de Pernambuco e Blog Dantas Barreto, Álvaro não escondeu a insatisfação com a falta de diálogo e a pouca atenção aos aliados. Também avisou: a Assembleia continuará atuando de forma independente e não será um puxadinho do Palácio do Campo das Princesas. “Ultimamente não tenho diálogo com Raquel. Às vezes, com o secretário Túlio Vilaça (Casa Civil). Acho que isso está dificultando a relação”, avalia Porto. Questionado sobre como resolver essa situação, o deputado respondeu: “Raquel é que tem de saber. Capacidade ela tem, é da política também. Não sei o que está faltando para a política funcionar em Pernambuco”. Contudo, observa que a governadora montou um secretariado técnico e os deputados não são atendidos com as emendas parlamentares, nem indicações de cargos. E mesmo lembrando que sempre fez oposição ao PSB, ressaltou que o prefeito do Recife, João Campos, procura ter bom relacionamento com todos e tem um bom desempenho como gestor. Foi justamente para João que Álvaro Porto ligou a fim de garantir o acordo da redistribuição dos ICMS entre os municípios.

Problemas nos projetos

O deputado Álvaro Porto (PSDB) reclama da não liberação de emendas parlamentares, mas também admite que nem todas têm condições de sair do papel. Ele conta que os deputados aprovam as propostas no orçamento do Estado, mas as prefeituras não elaboram os projetos de forma correta. Além da questão política, esse é um dos principais entraves para a liberação dos recursos.

Michelle candidata

Com o mandato do senador Sérgio Moro (UB-PR) por um fio, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL) já vem sendo chamada de senadora. Caso Moro seja realmente cassado por abuso de poder econômico, haverá nova eleição para o Senado no Paraná.

LED vence Luz

Em Garanhuns, a Prefeitura ganhou a batalha judicial contra o vereador Bruno da Luz, que denunciou superfaturamento na implantação de iluminação de LED na cidade. O Tribunal de Justiça de Pernambuco cassou a liminar favorável a Luz e autorizou o LED.

 

Eleitora de luxo

 

Raquel Lyra (PSDB) é vista como principal cabo eleitoral em Caruaru, até porque foi prefeita e teve uma votação superior a 60% na cidade, quando foi eleita governadora. Apesar do clima “amigável” entre ela e Rodrigo Pinheiro (PSDB), o prefeito não pretende se afastar. E o deputado Fernando Rodolfo (PL), que é da base aliada, ainda sonha com o apoio de Raquel. Sem contar que a governadora já andou sondando o PDT de José Queiroz.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade