Silvio, o otimista

Foto: Rafael Vieira/DP

O ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, se mostra muito otimista em relação a 2024, principalmente, quando fala dos resultados obtidos pelo Governo Lula. Ele mesmo revelou que, conversando com o presidente, disse que 2023 foi o melhor primeiro ano de Lula nos três governos dele. Como gosta de números, Silvio relata que o País chega a dezembro com aumento do PIB em 3%, inflação de 4,7%, Risco País caindo de 230 mil para 130 mil pontos, redução do déficit de R$ 230 bilhões para R$ 130 bilhões, índice de desemprego caindo de 8,8% para 7,7%. Na visão do ministro, são dados relevantes, que asseguram mais crescimento e desenvolvimento no próximo ano. “A redução do déficit é um sinal positivo para o mercado internacional, que passa a ver o Brasil como um país atrativo. Há um ambiente saudável do ponto de vista econômico para os próximos três anos. O Brasil vai entrar num outro momento de desenvolvimento”, ressalta. Silvio Filho quer aproveitar esse bom momento, também ocupando um cargo na Esplanada dos Ministérios, para emplacar investimentos em Pernambuco. Tanto no setor de portos, quanto de aeroportos. Segundo ele, há uma orientação de Lula para construir e reformar 100 aeroportos regionais no País. Estão no radar Caruaru, Petrolina, Serra Talhada e de Garanhuns. Além do Recife, claro.

Faltando diálogo no Estado

Perguntado sobre sua visão do cenário político em Pernambuco, Silvio Costa Filho considera que o Estado está carente de diálogo e na agenda do desenvolvimento. “Também temos um desafio na segurança pública, que preocupa e precisamos acertar a mão”, falou o ministro.

Menos PAC, mais campanha

O martelo foi batido no Congresso Nacional e o Fundo Eleitoral para as eleições municipais terá R$ 4,9 bilhões. Mesmo valor da campanha de 2022, que envolveu de deputado estadual a presidente da República. Tiraram do PAC.

Acredita em aliança

O PSB tem Ednaldo Moura com pré-candidato à Prefeitura de Camaragibe, mas o grupo da prefeita Nadegi Queiroz acredita que a boa relação entre o seu partido, o Republicanos, e os socialistas no Estado, pode render aliança em torno de Diego Cabral.

Rezende disputará pelo PSD

O Delegado Rezende já decidiu que disputará a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho pelo PSD. O ato de filiação deve acontecer em janeiro, com a presença das principais lideranças da legenda. A escolha partidária, inclusive, foi orientada pelo Palácio do Campo das Princesas.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade