Sileno Guedes rebate Antônio Moraes na questão dos radares do Recife

Foto: Helia Sheppa/Divulgação

Presidente estadual do PSB, o deputado Sileno Guedes rebateu as críticas do também parlamentar Antônio Moraes (PP) a respeito do desligamento de 35% das câmeras de fiscalização eletrônica de trânsito do Recife. Segundo o socialista, a diferença entre a questão das câmeras da Capital e as câmeras de monitoramento de responsabilidade do Governo do Estado, que também estão desativadas, é que a Prefeitura está fazendo a licitação, e o Governo ainda não.

Sileno esclareceu que a empresa vencedora do processo licitatório não entregou o produto que foi contratado pela Prefeitura. “Em abril de 2023, o Tribunal de Contas do Estado avisou ao Governo que o contrato das câmeras iria encerrar e não foi tomada providência. E ainda não tem sequer o termo de referência. A diferença é essa. O Governo foi avisado e não agiu, enquanto a Prefeitura fez todo o planejamento de tramitação da licitação”, justificou.

O deputado Antônio Moraes reclamou que, desde junho de 2023, os ministros R adares começaram a ser desligados nos principais corredores da cidade e o prazo dado pela Prefeitura do Recife é de 90 dias para voltarem a funcionar. O parlamentar cobrou da oposição que, da mesma forma que o Governo do Estado foi criticado, os deputados também deveriam se pronunciar a respeito dos radares desligados.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade