Retaliação aos infiéis

O mais recente pedido de impeachment contra o presidente Lula é daqueles que sempre vão para o arquivo. A motivação foi devido à comparação que o petista fez entre a guerra de Israel contra o Hamas, na Palestina, e gerou a crise diplomática com os judeus. A proposta de punição a Lula é da iniciativa da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), bolsonarista de carteirinha. A questão é que entre os 124 parlamentares que assinaram, ao menos 20 são filiados a partidos que ocupam ministérios no Governo Lula, como PSD, Republicanos, União Brasil e PP. E isso irritou os aliados do Palácio do Planalto. Para piorar a situação, 19 deputados ligados ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) não colocaram suas assinaturas no pedido de impeachment. O líder do Governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), quer a cabeça de todos os servidores comissionados que são indicados pelos “infiéis” como forma de retaliação. Outra forma de puni-los pode ser com o corte na liberação de emendas parlamentares, o que é um terror na vida de qualquer deputado, já que fica sem atender às suas bases eleitorais. Guimarães deixou isso claro na reunião de líderes porque não quer deixar de graça essa atitude.

Avante com João

O Avante anuncia, hoje, o apoio à reeleição do prefeito João Campos (PSB), no Recife. Será às 17h30, no Hotel Villa d’Oro. O ex-deputado Sebastião Oliveira diz que a meta do partido é lançar candidatos a prefeito em todo o Estado, e apoiar outros nomes onde as alianças sejam mais favoráveis.

Participação política

As eleições municipais estão se aproximando e o deputado estadual Gilmar Júnior (PV) quer convencer seus colegas de Enfermagem a entrarem na política. Ele promove, a partir das 14h de hoje, o encontro “Projeção Política da Enfermagem”, na Faculdade IDE.

100 cozinhas

A governadora Raquel Lyra (PSDB) chega hoje à marca de 100 Cozinhas Comunitárias, uma das propostas de campanha. Fará a entrega no município de São Joaquim do Monte, que é governada por Duguinha Lins (PSDB). Unidade serve 200 refeições.

Lá e lô

O apoio do PSB a José Queiroz para prefeito de Caruaru sacramentou o que já era esperado. O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, fez de conta que brigou com os socialistas por causa das baixas no Ceará, ganhou uma secretaria estadual e vai continuar com a secretaria na Prefeitura do Recife.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade