Raquel Lyra inaugura Estação de Tratamento da Compesa no Sertão, nesta quinta

Foto: Miva Filho/Secom


A governadora Raquel Lyra realizará, nesta quinta-feira (21), vistorias nas obras de requalificação da PE-265, em Sertânia, e de implantação de um Sistema de Abastecimento de Água (SAA) na comunidade rural de Campo de Aviação, em Pesqueira. Em seguida, ela inaugura a Estação de Tratamento de Água de Ultrafiltração de Pesqueira e deve realizar importantes anúncios ligados à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que vão impactar diretamente na melhoria da segurança hídrica da população de várias cidades do Sertão pernambucano.

Nesta quarta-feira, Raquel entregou dois Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SAA) nas comunidades Rurais de Carnaúba dos Nunes e Nova Cacimbinha, em Tuparetama. A gestora também assinou ordem de serviço para construção de um novo SAA, no município de Iguaracy. Juntas, as três obras somam investimentos de R$ 4,4 milhões e vão beneficiar cerca de 400 famílias que há décadas não recebiam água encanada. A vice-governadora, Priscila Krause, acompanhou a agenda. 

“Fazer a mudança de Pernambuco é também trazer água para as torneiras do nosso povo, sobretudo, de quem vive na zona rural. Esse é um compromisso do nosso Governo que hoje se torna realidade no Sertão do Pajeú. Aqui, nós entregamos sistemas simplificados de abastecimento que garantem autonomia e mais qualidade de vida tão sonhada por tantos anos e nunca foram entregues”, enfatizou a governadora. 

O primeiro sistema, em Carnaúba dos Nunes, possui adutora de água bruta por gravidade, com extensão de 3,1 mil metros, estação de tratamento com um reservatório apoiado, com capacidade de 10m³, um reservatório elevado, com capacidade de 24m³ e rede de distribuição com 8,8 metros de extensão. O investimento é de mais de R$ 1,3 milhão.

Já em Nova Cacimbinha, o sistema possui 499 metros de adutora, uma Estação de Tratamento de Água com uma câmara de carga, um filtro de fluxo ascendente, um reservatório apoiado de 10m³ e um reservatório elevado de 17m³. Para este sistema, foi projetada uma rede de distribuição com extensão de 6,9 metros, favorecendo a implantação de 78 ligações residenciais com hidrômetro. Este sistema recebeu aportes de R$ 889 mil.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade