Plenário vai decidir prazo para extinção das faixas salariais dos militares, na tarde desta terça

A decisão sobre o fim das faixas salariais dos policiais e bombeiros militares ficará mesmo para o plenário da Assembleia Legislativa, na sessão da tarde desta terça-feira. Pela manhã, a Comissão de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) reprovou o projeto substitutivo da deputada Socorro Pimentel (UB) por 5 votos a 4. No entanto, a deputada Gleide Ângelo (PSB) apresentou recurso para ser apreciado no plenário com alteração na proposta original. Se ela garantir, pelo menos, 25 votos, fica valendo o prazo de 2025. O Governo, no entanto, quer extinguir as faixas até 2026. A meta dos governistas, agora, é derrotar o recurso de Gleide para que o projeto original entre na pauta.

Votaram contra a proposta governista na CCLJ, os deputados Waldemar Borges (PSB), Rodrigo Farias (PSB), Diogo Moraes (PSB), Romero Albuquerque (UB) e Coronel Alberto Feitosa (PL). Os votos a favor foram de Débora Almeida (PSDB), João Paulo (PT) e Luciano Duque (SD).

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade