Lula se garante nas pautas

Pesquisa divulgada pelo portal Congresso em Foco mostrou que a grande maioria dos parlamentares votou, neste ano, favoravelmente nas pautas do interesse do Governo Lula. Na Câmara Federal, das 310 propostas, 72% dos deputados disseram sim. No Senado, foram 42 votações, com 75% votos a favor. Trazendo para a bancada pernambucana, o levantamento aponta que a maioria também está com o Governo. Quem mais votou com o Planalto foi Clodoaldo Magalhães (PV), dizendo sim a 99% dos projetos. Luciano Bivar (UB) é o parlamentar que menos esteve presente em plenário nessas sessões (54%) e votou com o Governo em 82% das vezes. Focando na bancada de oposição, o deputado Coronel Meira (PL) estava no plenário em 93% das pautas do interesse do Palácio do Planalto, porém apenas em 25% delas se posicionou a favor. Já Mendonça Filho (UB) foi o mais assíduo nessas votações, com 98% de presença, e também foi o oposicionista que mais vezes votou pela aprovação (47%). No Senado, foram 42 pautas governistas. Fernando Dueire (MDB) foi favorável em 95% das vezes, seguido de Humberto Costa (PT), que disse sim em 88%, e Tereza Leitão (PT), com 84%. Tem um detalhe que deve ser levado em consideração. Um outro levantamento, dessa vez feito pela ONG Contas Abertas a pedido da CNN Brasil, mostrou que o presidente Lula liberou R$ 17 bilhões em emendas parlamentares em períodos próximos de votações consideradas essenciais para o Executivo.

É hoje!

A presidente da Comissão de Finanças da Alepe, deputada Débora Almeida (PSDB), fez suspense na semana passada sobre o relatório final que apresentará, até porque ainda não engoliu a derrota que sofreu na aprovação dos relatórios parciais. A grande dúvida é se ela manterá a emenda do deputado Coronel Alberto Feitosa (PL) que inclui R$ 1,1 bilhão no orçamento do Estado. Há integrantes que não acreditam em surpresa por parte de Débora.

Raquel lá e Priscila aqui

A dupla Raquel Lyra/Priscila Krause deu certo nesses dias que a governadora está em Dubai, participando da COP 28. Raquel vem divulgando seus feitos por lá, enquanto a vice-governadora mantém o Governo na mídia por aqui, também falando sobre o que a gestão está fazendo.

Será candidata?

Marília Arraes esteve em São Paulo, em evento promovido pelo Solidariedade, para estimular uma maior presença feminina na política. “Precisamos de mais mulheres eleitas para superar os desafios”, ressaltou. Mas ainda não disse se ela própria será candidata a alguma prefeitura.

Pedido de apoio ao TCE

Deputado de primeiro mandato, Gilmar Júnior (PV) tem buscado espaço como opositor ao Governo, tanto na tribuna da Alepe, quanto em campo. Ele se reuniu com o presidente do TCE, Ranilson Ramos, para pedir apoio na pressão pelo pagamento do piso salarial da enfermagem. Segundo o parlamentar, há atrasos e falta o retroativo. Gilmar diz que saiu do encontro com a garantia de que o Tribunal fará fiscalização e já marcou outra reunião para a próxima quarta-feira.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade