Lei que extingue faixas salariais dos militares é sancionada por Raquel Lyra

Foto: Miva Filho/Secom

A Lei que extingue as faixas salariais dos policiais e bombeiros militares foi sancionada pela governadora Raquel Lyra (PSDB), nesta sexta-feira (10), para ser publicada no Diário Oficial de amanhã e entrar em vigor. O projeto foi aprovado pela Assembleia Legislativa, terça-feira passada, depois de 64 dias de muita discussão entre os deputados governistas e de oposição, além da pressão do Palácio do Campo das Princesas e dos representantes das duas categorias.

A divergência estava no prazo final para o fim das faixas. Enquanto ficou valendo a proposta do Governo, que estabelece junho de 2026, os opositores queriam que fosse já no próximo ano. Com maioria garantida no plenário, o Palácio teve o projeto aprovado, inclusive, com votos da oposição.

De acordo com o Governo do Estado, “já no próximo mês de junho, o soldo inicial para a base da carreira (soldados da faixa “A”), passará de R$ 3.419,88 para R$ 4.406,41. “Em 2026, ano que o processo de extinção das faixas será concluído, o valor inicial da carreira passará a ser de R$ 5.617,92 em todo o Estado”, acrescenta a nota enviada à imprensa.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade