Esther Dweck diz que greves ocorrerão por conta de declaração de Lula

Foto: Ricardo Stuckert / PR )

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, afirmou que os trabalhadores do serviço público poderão fazer greves por conta de uma declaração do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com Esther, Lula “estimulou” os funcionários e movimentos sociais a pressionarem o governo e que, por conta disso, pode haver alguma greve. A declaração foi dada na live Conversa com o presidente, na manhã desta terça-feira (5/12). 

A ministra foi questionada pelo chefe do executivo sobre as greves. Ela respondeu que o governo federal retomou o diálogo com os servidores públicos desde o começo da nova gestão presidencial e que, por isso, os trabalhadores “fazem a pressão deles”.

Em seguida, Esther afirmou que o presidente “estimulou todo mundo a fazer pressão” e que, por conta disso, “eles se animaram para pedir”. A ministra admitiu a possibilidade de greve, mas não há informações sobre quais órgãos irão parar.

“Eles (servidores públicos) sabem que no nosso governo a gente lida de forma democrática, super dialogando com eles, e aí eles fazem a pressão deles. O senhor estimulou todo mundo a fazer pressão”, disse.

“Claro, pode ser que tenha alguma greve porque obviamente, o ministro Haddad está aqui, o ministro Rui, a gente tem discutido um espaço orçamentário para isso, não é tão grande, então as expectativas estão altas, a gente não tem tantos recursos, mas estamos dialogando com todo mundo”, completou.

https://www.correiobraziliense.com.br/politica/2023/12/6665316-esther-dweck-diz-que-greves-ocorrerao-por-conta-de-declaracao-de-lula.html

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade