COM VAGAS DE ATÉ R$ 23 MIL, EDITAIS DO CONCURSO PÚBLICO UNIFICADO SÃO PUBLICADOS

Do Congresso em Foco

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos divulgou, nesta quarta-feira (10), os oito editais referentes a cada bloco temático do Concurso Público Nacional Unificado, também conhecido como “Enem dos Concursos”. A ministra da pasta, Esther Dweck, reforçou durante coletiva de imprensa que o concurso pretende ampliar e diversificar o serviço público. Ao todo, são 6.640 vagas, em nível médio e superior, distribuídas em 21 órgãos federais.

Segundo levantamento feito pela Nova Concursos, com base na Tabela de Remuneração dos Servidores Públicos Federais Civis e dos Ex-Territórios, os salários variam de R$ 3.997,32 até R$ 23.579,71. As remunerações listadas correspondem ao valor inicial e final, com a progressão de carreira. 

Em Pernambuco, as provas serão realizadas no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Serra Talhada e Petrolina.

“A lógica principal do concurso é que a gente consiga ter um serviço público com a cara do Brasil. No serviço público a gente já tem uma diversidade regional, mas a gente acha que pode ser ampliado. Infelizmente, a gente estava vendo que, por falta de recursos e de capacidade, os concursos muitas vezes estavam ocorrendo só em Brasília, o que obviamente limita a capacidade da população de prestar o concurso”, disse a ministra.

Os editais detalham informações sobre os blocos temáticos, o conteúdo das provas específicas e geral, critérios de classificação e desclassificação dos candidatos, validade do certame e composição das notas finais. Além disso, durante a coletiva, também foram esclarecidas questões como inscrições, cotas e como será a aplicação da prova.

As inscrições para o certame, cuja banca é a Cesgranrio, começam em 19 de janeiro e vão até 9 de fevereiro. As taxas de inscrição têm valor de R$ 60 para vagas de nível médio e R$ 90, para as de nível superior. Estão isentos candidatos inscritos no CadÚnico, doador de medula óssea e aqueles que participam ou tenham participado do FIES ou do ProUni.

Inicialmente, foi anunciado que o concurso seria realizado em 180 cidades. O Ministério da Gestão e Inovação, porém, divulgou que mais municípios participarão do exame, agora serão 220 cidades, o que abrange 94,6% da população em um raio de 100 km dos locais de prova. A ampliação visa garantir que regiões metropolitanas tenham provas em mais de uma cidade. 

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Publicidade