Clima de tensão na CCLJ

A expectativa é de mais confusão hoje na Comissão de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ) da Assembleia Legislativa, durante a votação do projeto que acaba com as faixas salariais dos PMs e bombeiros. A começar porque a oposição é maioria no colegiado e promete aprovar emendas que contrariam o Governo do Estado. Mas o que for decidido será avaliado nas comissões de Administração, Finanças e Segurança Pública, na próxima semana, antes de ir ao plenário. O clima azedou ainda mais, e isso foi visto ontem, depois que os governistas tentaram repetir o feito da oposição, querendo trocar um membro da Comissão. Sairia Romeno Albuquerque e entraria Socorro Pimentel, ambos do União Brasil. Como já era esperado, a Procuradoria da Alepe deu parecer contra, argumentando que o deputado é vice-presidente eleito da Comissão e não pode ser substituído. E ainda tem a previsão de presença em massa de policiais e bombeiros para pressionar os deputados a votarem contra o projeto do Governo que estabelece o fim das faixas salariais até 2026. Eles querem abreviar o prazo e contam com apoio da oposição e de parlamentares de partidos aliados ao Palácio. Na terça-feira passada, a reunião da CCLJ ocorreu no Auditório Sérgio Guerra, que ficou lotado e a confusão foi grande, quando a deputada Débora Almeida (PSDB), que é a relatora, pediu vistas e o projeto foi retirado de pauta. A pressão dos militares foi tanta, que a pressão arterial de Débora chegou a 20×14. Hoje, a reunião será numa sala menor.

Pressão será grande

O momento tenso pré-votação do projeto do Governo será antes das 10h, por conta da quantidade de militares que está sendo convocada e poucos poderão acompanhar. Lá dentro, será bronca. A CCLJ é formada por 9 deputados e, no momento, o placar seria 6 x 3 contra o Governo. Mas tem governista acreditando que a situação pode mudar.

Ivan ajuda Psol

O vereador Ivan Moraes não disputará a reeleição e, além de colaborar dando oportunidade a outro, está ajudando a montar a chapa proporcional do Psol. O partido está com inscrições abertas até sexta-feira. Ivan vai fazer parte da seleção dos candidatos.

Audiência sobre energia

Na próxima terça-feira, a Assembleia Legislativa fará audiência pública para tratar sobre soluções que melhorem o fornecimento de energia elétrica para os setores produtivos de Pernambuco. Iniciativa é da deputada Débora Almeida (PSDB).

FIG Polêmico

A Prefeitura de Garanhuns divulgará hoje a programação do Festival de Inverno, antes do prazo dado pelo Estado, dia 25, para chegarem a um consenso sobre o evento. A governadora Raquel Lyra (PSDB) e o prefeito Sivaldo Albino (PSB) até acenaram paz, mas as conversas voltaram a desandar quando as equipes das duas gestões tentaram planejar o evento.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade