Carnaval de Olinda recebeu 4 milhões de foliões e R$ 400 milhões giraram na economia

A Prefeitura de Olinda divulgou o balanço do Carnaval 2024, nesta quinta-feira (15), apresentando saldo positivo, tanto em relação à participação popular quanto no incremento econômico. Segundo dados oficiais, a cidade recebeu 4 milhões de foliões e cerca de R$ 400 milhões circularam entre os dias 8 e 14 deste mês. Os resultados da folia de Momo foram apresentados pelo prefeito Professor Lupércio (PSD) e pela secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Mirella Almeida, na sede da Prefeitura.

De acordo com as informações divulgadas, houve aumento de 10% na ampliação da rede hoteleira e 99% dos leitos foram ocupados. Foram registradas presença de 76% dos foliões oriundos de Pernambuco, 21% de outros estados e 3% de turistas estrangeiros.

Apesar de Olinda ser conhecida pelo Carnaval de rua, com a participação de 1.500 agremiações desfilando nas ladeiras, a Prefeitura montou oito polos, onde mais de 200 atrações se apresentaram, nos dias de folia. Mais de 35 mil empregos foram gerados no período. Além disso, os 1.442 empreendedores tiveram acesso a R$ 153 mil através do programa CrediAmigo.

“Tivemos o Carnaval mais democrático, Olinda deu show em todos os polos. Foi um processo trabalhoso, mas ao final tudo deu certo. Olinda realizou o melhor Carnaval da história. Foi um evento feito com muitas mãos, tendo à frente o prefeito Lupércio, para garantir que o nosso Carnaval fique na memória, porque tudo foi feito com muito amor”, ressaltou Mirella Almeida.

O prefeito Lupércio destacou o empenho da equipe para realizar um evento de tamanha magnitude. Agradeceu também o apoio do Governo do Estado, das polícias e Corpo de Bombeiros. “Olinda tem um Carnaval democrático, as pessoas vêm com o desejo de brincar. Foram 4 milhões de foliões aproveitando o frevo, samba, brega. A palavra aqui é gratidão. Queiram ou não queiram os juízes, o Carnaval de Olinda é o melhor do mundo ”, disse o gestor.

SEGURANÇA

Apesar das três mortes registradas, a Prefeitura considerou que o clima foi de paz. Duas vítimas fatais eram assaltantes que foram baleadas por um militar do Exército, no dia da abertura do Carnaval.

outra fatalidade aconteceu numa loja de conveniência, quando um mascarado desferiu tiros à queima roupa num comerciante sem anunciar assalto. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

A Prefeitura de Olinda informou que foram registrados 18 Boletins de Ocorrência. O Ceam recebeu apenas uma mulher vítima de violência, que foi atendida por psicóloga, advogada e assistente social, que atuaram em parceria com a Delegacia da Mulher.

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade