Presidente da Câmara do Recife divulga nota repudiando decisões da FPF

”Quero deixar registrado uma posição de lamentação pelo que vem ocorrendo com o futebol pernambucano. Eu tenho falado isso repetidas vezes, não é de hoje, mas agora chega no ápice. Deixo aqui meu repúdio às atitudes do presidente da Federação Pernambucana de Futebol. Nós vemos um presidente completamente perdido, enterrando um campeonato histórico que tem o engajamento de três grandes clubes da capital e vários outros do interior do Estado, que fazem o torcedor pernambucano realmente participar de maneira efetiva e, hoje, estamos vendo esse campeonato histórico, com incríveis lembranças, indo por água abaixo.

Reafirmo: o presidente está completamente perdido! Em uma semana, fala que está agendando dois jogos de clubes grandes que podem ter um encontro de torcidas e que era um “teste” para fazer o uso da torcida mista. E depois simplesmente determina clássicos com torcida única. Além do fato da mudança de jogos, com adiamento de partidas, prejudicando os outros clubes e o próprio campeonato. Está virando uma bagunça. Uma lambança completa. Essas decisões são autoritárias e de um completo absurdo. De fato, um presidente perdido.

Quero aproveitar para também me solidarizar com todo mundo que faz a imprensa de Pernambuco. A atitude de proibir os jornalistas no campo, de entrevistar os jogadores, não é democrática, não é o que a gente pode ver nos dias atuais, pelo contrário, a gente está indo na contramão de uma luta histórica de todo mundo que defendeu a democracia e que é a favor da liberdade de imprensa. Então eu me solidarizo com todos os que fazem a imprensa do nosso Estado, estou ao lado de vocês para a gente vencer essa luta e ter um futebol pernambucano respeitado, mas para isso precisa acontecer uma mudança brusca no futebol do Pernambuco, porque hoje a gente está vendo um presidente de uma federação sendo o grande coveiro do futebol.

Por fim, deixo aqui registrado que minha posição é que a CBF precisa urgentemente fazer uma intervenção na Federação Pernambucana, porque todos nós estamos vendo que este presidente não tem nenhuma condição de continuar presidindo essa entidade que merece respeito, mas que hoje está tão desgovernada. Ao contrário do que busca destacar o presidente, com suas recentes decisões o futebol pernambucano não avança. Ao contrário, retrocede.

Romerinho Jatobá (PSB)

Presidente da Câmara Municipal do Recife

Você pode gostar:

Sem comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Destaques

Publicidade

Posts Populares

Publicidade